Assista ao clip da música oficial da JMJ

A Cruz e o ícone de Nossa Senhora, símbolos da Jornada Mundial da Juventude, estão percorrendo o Brasil em preparação ao grande encontro, que ocorre em 2013 no Rio de Janeiro. De acordo com a previsão inicial, a Arquidiocese de Pouso Alegre deve receber os símbolos no início de março de 2013, um mês antes da JMJ.

Pela programação da organização do evento, os símbolos devem passar por todas as 17 regionais da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, além de visitar outros países da América do Sul (Paraguai, Uruguai, Argentina e Chile). Enquanto se vive a expectativa da visita à Arquidiocese de Pouso Alegre, veja o clip da música oficial da JMJ.

Para assistir ao vídeo, clique aqui

Igreja no mundo: Definido o tema para a próxima Jornada Mundial das Comunicações

“Silêncio e Palavra: caminho de evangelização” é o tema escolhido por Bento XVI para a próxima Jornada Mundial das Comunicações Sociais que se realizará em 20 de maio de 2012, no domingo que antecede Pentecostes. A mensagem do papa para esse evento será divulgada no dia 24 de janeiro, em memória de São Francisco de Sales, patrono dos jornalistas.

De acordo com uma nota do Pontifício Conselho das Comunicações Sociais, no pensamento de Bento XVI, “o silêncio não é apresentado simplesmente como uma forma de contraposição a uma sociedade caracterizada pelo fluxo constante da comunicação, mas sim como um necessário elemento de integração”.

Para o Pontífice, “o silêncio, justamente porque favorece a dimensão do discernimento e do aprofundamento, pode ser visto como um primeiro grau de acolhimento da palavra”.

A nota ainda manifesta a vontade do papa de sincronizar o tema da Jornada com a celebração do Sínodo dos Bispos. Este que terá como tema “a Nova Evangelização para a transmissão da fé cristã”.

A Jornada Mundial das Comunicações Sociais foi estabelecida pelo Concílio Vaticano II com o Decreto Inter Mirifica de 1963.

Fonte: www.cnbb.org.br

Igreja no mundo: Papa Bento XVI nomeia novo arcebispo para Florianópolis

O papa Bento XVI transferiu na manhã de hoje, 28, o bispo de Tubarão (SC), dom Wilson Tadeu Jönck, e o nomeou arcebispo da arquidiocese de Florianópolis (SC). A arquidiocese estava vacante desde janeiro deste ano com a transferência de dom Murilo Krieger para Salvador (BA).

Dom Wilson Jönck estudou Filosofia no Convento Sagrado Coração de Jesus, em Brusque (SC) e Teologia no Convento Sagrado Coração de Jesus, em Taubaté (SP). Ele tem especialização em Pedagogia e em Psicologia.

Antes de ser bispo, dom Wilson foi vigário em Varginha (MG), Pároco em Joinville (SC) e trabalhou como auxiliar na formação de Mestre de Noviço em Jaraguá do Sul (SC).

Seu lema episcopal é “Amar é dar a Vida”.

 Fonte: www.cnbb.org.br

Agentes Vocacionais participam de encontro formativo no Seminário Arquidiocesano

O Encontro de Formação para os agentes do Serviço de Animação Vocacional (SAV) realizado pela Pastoral Vocacional da Arquidiocese contou com a participação de 17 pessoas, representando as cidades de Pouso Alegre, Cambuí, Bueno Brandão, Gonçalves, Andradas, Silvianópolis e Itajubá. O encontro foi coordenado pelo padre Fábio de Souza Leão e pelos seminaristas Lucas Crispim e Diego Augusto.

A formação ocorreu no último final de semana, 24 e 25 de setembro, no Seminário Arquidiocesano. Entre as diversas atividades, os agentes participaram de uma palestra e sobre a Assembléia do Regional Leste II, realizada em Belo Horizonte neste mês. A psicóloga Luciana Guimarães também conversou com os agentes sobre “Psicologia e Vocação”.  No domingo houve uma manhã de reflexão, onde foi feita uma abordagem Bíblico-Pastoral no Serviço de Animação Vocacional.

Segundo o seminarista Lucas Crispim, membro da Pastoral Vocacional Arquidiocesana, esses encontros são importantes para o fortalecimento da pastoral vocacional nas paróquias. “Esse foi um momento de encontro de partilha e de experiências, formação e, principalmente, de incentivo aos animadores vocacionais de nossas paróquias e comunidades. Em nome da Pastoral Vocacional, gostaria de agradecer às pessoas que participaram desses dois dias de convivência, um momento oportuno da graça de Deus”, afirmou.

Clique aqui e conheça um pouco mais sobre a PV/SAV arquidiocesana

Por Andrey Nicioli

Arquidiocese de PA inicia ano jubilar pelo cinquentenário de sua instalação

O Arcebispo Metropolitano, Dom Ricardo Pedro Chaves Pinto Filho, decretou que entre os dias 23 de setembro de 2011 e 23 de setembro de 2012, toda arquidiocese celebre o período jubilar em preparação pelos cinquenta anos de sua instalação. 

Em seu decreto, o arcebispo pede “aos párocos e administradores paroquiais que levem ao conhecimento de toda a Igreja de Pouso Alegre ‘o tempo favorável por excelência’ (2Cor 6, 2)”.

Dom Ricardo (foto) ainda afirmou que esse é o momento de todos os católicos se unirem em oração, pedindo ao bom Deus a santidade. “Tendo o mesmo espírito de fé a respeito do qual está escrito: acreditei, por isso falei, cremos também nós, e por isso falamos (2Cor 4, 13), convocamos toda a Igreja Arquidiocesana a se preparar na ação de Graças, na oração e na santificação da própria vida, como amados de Deus e chamados à santidade”.

A Arquidiocese de Pouso Alegre foi instalada e elevada à Sede Metropolitana e Província Eclesiástica no dia 23 de setembro de 1962, pelo beatíssimo Papa João XXIII, na Bula “Qui tanquam Petrus”, de 14 de abril do mesmo ano.

Por Andrey Nicioli

Encontro de jovens em Poço Fundo (TLC)

Realizou-se no dia 25 de setembro na Paroquia São Francisco de Paula de Poço Fundo, das 14hs as 18hs, um encontro de reflexão com os jovens. A tarde foi animada pelos jovens do Grupo de Treinamento de Lideranças Cristãs (TLC) das cidades de Pouso Alegre e Santa Rita do Sapucai. O encontro contou com  a presença de jovens de nossas comunidades urbanas e rurais.

Pastoral da Juventude lança Encontro Nacional

A Pastoral da Juventude Nacional lançou no último dia 22, a décima edição de seu Encontro Nacional (ENPJ), que fará sua morada entre os dias 8 e 15 de janeiro de 2012 nas terras da Arquidiocese de Maringá, PR – Regional Sul 2 da CNBB. Será a primeira vez que a região sul do país receberá o ENPJ. O Encontro Nacional é um momento em que a Pastoral da Juventude (PJ), no seguimento a Jesus, se reúne em uma (arqui)diocese para refletir, partilhar e celebrar a vida e a caminhada dos grupos de jovens.

O encontro é realizado a cada três anos, reunindo jovens e assessores da PJ de todas as dioceses do Brasil. São esperados mais de 800 jovens, assessores e convidados, que irão reafirmar sua eclesialidade refletindo e celebrando o tema: Somos Igreja Jovem, à luz da celebração dos 50 anos do Concílio Vaticano II, das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja do Brasil (DGAE 2011-2015) e do Plano de Ação Pastoral da PJ. Embalados pelo lema: Na Ciranda da vida, a nossa missão é amar sem medida, os participantes celebrarão e se animarão para que, a exemplo de Jesus Cristo, o jovem de Nazaré, vivam em comunidade e  juntos possam defender a vida da juventude.

Segundo o Secretário Nacional da PJ, o jovem Thiesco Crisóstomo, “a décima edição do ENPJ será um marco na caminhada da PJ, pois vai potencializar a ação pastoral realizada há mais de trinta anos na Igreja do Brasil. Momento de favorecer com que os participantes possam partilhar, celebrar e assumir a caminhada como Igreja Jovem”.

O encontro acontecerá no Centro de Formação Bom Pastor e contará com o apoio da Arquidiocese de Maringá e da CNBB do Regional Sul 2. As parcerias para a atividade estão sendo finalizadas, assim como a proposta metodológica e nomes de assessorias. A PJ de Maringá e do Regional Sul 2 está desenvolvendo um trabalho de preparação da atividade, visando o envolvimento dos grupos de jovens de todo o estado do Paraná. As expectativas em receber o ENPJ são muitas, para o vice-coordenador da PJ em Maringá, o jovem Gelinton Batista, “o encontro será momento especial na caminhada dos milhares de grupos de jovens de todo Brasil, que acreditam na Civilização do Amor e buscam em Cristo o jeito jovem de ser Igreja”. Preparativos Inspirados na iluminação bíblica do ENPJ, no evangelho de João 13, 1, “Jesus, tendo amado os seus, amou-os até o fim!”, milhares de jovens pertencentes aos grupos organizados em todo país, estarão em sintonia com a atividade realizando encontros preparatórios a partir de subsídios elaborados pela equipe de organização.

Em breve será lançado o primeiro subsídio, aguardem! Para ter acesso a outras informações da atividade, como oração, hino, histórico do ENPJ e também para deixar seu recado, acesse o hotsite do encontro no endereço: www.pj.org.br/enpj.

O desejo da Coordenação Nacional da PJ com o lançamento do hotsite é que a juventude possa ter um espaço para vivenciar a preparação e estar em sintonia com o ENPJ, uma das principais atividades da juventude católica no Brasil. Para participar do evento, jovens e assessores, deverão ser indicados por suas dioceses e/ou regionais. Agora é conferir o novo espaço de comunicação e juntos continuar construindo mais um ENPJ. Que com certeza será nota 10!

Nota da CNBB: Vencer a corrupção com mobilização social

Fonte: Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB)

O Conselho Episcopal Pastoral (CONSEP), da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), reunido em Brasília de 20 a 22 de setembro de 2011, manifesta sua solidariedade e apoio às últimas manifestações populares contra a corrupção e a impunidade, que corroem as instituições do Estado brasileiro.

A crescente interpelação da sociedade para melhor qualificar, social e eticamente, os seus representantes e outros poderes constituídos, se expressou como nova forma significativa do exercício da cidadania. Reveladora dessa consciência cidadã foi, além das atuais marchas contra corrupção, a mobilização durante a Semana da Pátria, que recolheu mais de 150 mil petições via internet em favor da campanha “Vamos salvar a Ficha Limpa”, fruto de ação popular que, neste mês completa um ano.

Atentos para que estas mobilizações se resguardem de qualquer moralismo estéril, incentivamos sua prática constante, com objetivos democráticos, a fim de que, fortificadas, exijam do Congresso Nacional uma autêntica Reforma Política, que assegure a institucionalidade do País.

O Estado brasileiro deve fazer uso dos instrumentos legais para identificar, coibir e punir os responsáveis por atos de corrupção. Sem comprometimento ético, no entanto, será impossível banir de nosso meio a longa e dolorosa tradição de apropriação do Estado, por parte de alguns, para enriquecimento de pessoas e empresas.

Neste sentido, insistimos nas propostas apresentadas, em nota conjunta da CNBB com a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e Associação Brasileira de Imprensa (ABI), no dia da Pátria:

“Para tornar vívido o sentimento de independência em cada brasileiro, devem os poderes eleger PRIORIDADES que reflitam a vontade da população, destacando-se: no Executivo, a necessidade de maior transparência nas despesas, a efetiva aplicação da lei que versa sobre esse tema, bem como a aplicação da “Lei da Ficha Limpa” aos candidatos a cargos comissionados, que também deveriam ser reduzidos.

No Legislativo, a extinção das emendas individuais ao Orçamento, a redução do número de cargos em comissão, o fim do voto secreto em todas as matérias e uma reforma política profunda, extirpando velhas práticas danosas ao aperfeiçoamento democrático.

No âmbito do Judiciário e do Ministério Público, agilidade nos julgamentos de processos e nos inquéritos relativos a crimes de corrupção e improbidade por constituírem sólida barreira à impunidade, bem como o imediato julgamento da Ação Declaratória de Constitucionalidade sobre a Lei Complementar n. 135/2010 (Ficha Limpa)”.

Que o Espírito Santo ilumine todos os que, no exercício de sua cidadania, trabalham pela construção de um Brasil novo, justo, solidário e democrático.

Brasília-DF, 22 de setembro de 2011

P – Nº 0913/11

Cardeal Raymundo Damasceno Assis
Arcebispo de Aparecida
Presidente da CNBB

Dom Sergio Arthur Braschi
Bispo de Ponta Grossa
Vice-Presidente da CNBB Ad hoc

Dom Leonardo Ulrich Steiner
Bispo Auxiliar de Brasília
Secretário Geral da CNBB

 

Pastoral Vocacional realiza encontro com agentes do SAV

A Pastoral Vocacional da Arquidiocese de Pouso Alegre realiza nos dias 24 e 25 de setembro o segundo Encontro de Formação para os agentes do Serviço de Animação Vocacional (SAV). Representantes de cerca de 25 paróquias, que já contam com o SAV ou estão iniciando os trabalhos, devem estar presentes. O encontro ocorre no Seminário Arquidiocesano em Pouso Alegre.

Entre as atividades, haverá uma palestra e uma partilha sobre a Assembléia do Regional Leste II, que ocorreu em Belo Horizonte neste mês. A psicóloga Luciana Guimarães também conversará com os agentes sobre “Psicologia e Vocação”.  No domingo está prevista uma manhã de reflexão, onde será feita uma abordagem Bíblico-Pastoral para o SAV.

Clique aqui e confira a programação da Pastoral Vocacional para 2011.

Por Andrey Nicioli, com colaboração de Lucas Crispim

Símbolos da Jornada Mundial da Juventude chegam ao Brasil

Milhares de jovens se reuniram neste domingo, 18 de setembro, para a acolhida da Cruz e o ícone de Nossa Senhora, símbolos da Jornada Mundial da Juventude (JMJ).

O evento ocorreu no Campo de Mártir, em São Paulo. A estimativa é de que pelo menos 100 mil pessoas tenham participado da festa. A partir desta segunda-feira, 19, os símbolos iniciam uma visita nas dioceses de todo o país, incentivando os jovens a participarem da JMJ em 2013, no Rio de Janeiro.

“A Igreja coloca nas mãos de vocês um desafio: seguir Jesus e anunciá-Lo pela Palavra. A Cruz é sinal do compromisso em seguir o Mestre. Sem ela, não há ressurreição. Com Ele, venceremos. E Maria é modelo perfeito desse seguimento. Que sua juventude eterna nos encoraje a seguirmos o testemunho de Seu Filho. Vocês, jovens, são sentinelas do amanhã, a riqueza da Igreja no Brasil”, declarou o Cardeal Dom Raymundo Damasceno Assis, presidente da CNBB, no início da celebração.

 De acordo com a previsão inicial, a Arquidiocese de Pouso Alegre deve receber a cruz e o ícone de Nossa Senhora no início de março de 2013, um mês antes da JMJ. Pela programação da organização do evento, os símbolos devem passar por todas as 17 regionais da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, além de visitar outros países da América do Sul (Paraguai, Uruguai, Argentina e Chile).

O lema da Jornada Mundial da Juventude no Brasil terá como lema: “Ide e façais discípulos em todos os povos” (Mt 28,19).

Clique aqui e veja como foi a festa em São Paulo.

A cruz
Uma cruz de madeira de 3,8 metros foi construída e colocada como símbolo da fé católica, perto do altar principal na Basílica de São Pedro, durante a Semana Santa de 1983 até a Semana Santa de 1984. O beato papa João Paulo 2º deu essa cruz à juventude, sendo recebida pelos jovens do Centro Juvenil Internacional São Lourenço, em Roma. “Meus queridos jovens, na conclusão do Ano Santo, eu confio a vocês o sinal deste Ano Jubilar: a Cruz de Cristo! Carreguem-na pelo mundo como um símbolo do amor de Cristo pela humanidade, e anunciem a todos que somente na morte e ressurreição de Cristo podemos encontrar a salvação e a redenção”, disse o papa João Paulo II.

Desde 1984, a Cruz da JMJ peregrinou pelo mundo estando presente nas celebrações da Jornada Mundial da Juventude.

O Ícone de Nossa Senhora
Em 2003, na 18ª Jornada Mundial da Juventude, o beato Papa João Paulo II presenteou os jovens com um segundo símbolo de fé para ser levado pelo mundo, acompanhando a Cruz: o Ícone de Nossa Senhora, uma cópia contemporânea de um antigo e sagrado ícone encontrado na primeira e maior basílica para Maria a Mãe de Deus, no ocidente, Santa Maria Maior.

“Hoje eu confio a vocês o Ícone de Maria. De agora em diante, ele vai acompanhar as Jornadas Mundiais da Juventude, junto com a Cruz. Contemplem a sua Mãe! Ele será um sinal da presença materna de Maria próxima aos jovens que são chamados, como o Apóstolo João, a acolhê-la em suas vidas”, disse o papa.

Por Andrey Nicioli