Mensagem de Dom José Luiz Majella Delgado ao povo da Arquidiocese de Pouso Alegre

novo-arcebispo-pouso-alegreQuerido povo da Arquidiocese de Pouso Alegre

A vocês, graça e paz da parte de Deus Pai e de Nosso Senhor Jesus Cristo.

A Providência de Deus me envia hoje para ser o novo Arcebispo de Pouso Alegre. Agradeço a confiança da Igreja que, através do Papa Francisco, me confia tão alta missão. Acolho o compromisso de caminhar à frente desta Igreja particular com humildade, alegria, fé, esperança e vontade de trabalhar, de andar junto com cada irmão e irmã. Sempre disposto a servir por amor (cf. Gl 5,13).

Saúdo a todos com emoção e alegria, invocando sobre a família arquidiocesana as bênçãos de Deus. Saúdo, de maneira especial, Dom Ricardo Pedro Chaves Pinto Filho, OPraem, até a presente data Arcebispo de Pouso Alegre e que hoje passa ser nosso querido Arcebispo Emérito.

Saúdo, com respeito, as autoridades e todas as pessoas que têm responsabilidades públicas; abraço os padres e diáconos, religiosas e religiosos, os seminaristas, as lideranças do laicato e todo o querido povo das comunidades da Arquidiocese. Saúdo com carinho os doentes, os pobres e todos aqueles que carregam uma pesada cruz de sofrimentos; peço que Deus os conforte e assista.

A Diocese de Pouso Alegre foi criada em 1900 pelo Papa Leão XIII, desmembrada das então Dioceses de Mariana e São Paulo. Em 1962 o Papa João XXIII a elevou à Arquidiocese e Sede Metropolitana. Foi construída por gente idealista, trabalhadora e com espírito missionário. Grandes e santos pastores governaram esta nossa Arquidiocese.

Animado por tão insignes exemplos de dedicação e confiando na graça de Deus, coloco-me inteiramente à disposição de todos, para servir por amor (cf. Gl 5,13) na medida de minhas forças. Já os trago no meu coração de pastor.

Já se aproxima a celebração de Pentecostes. Festa consagrada pela vinda do Espírito Santo. A Igreja reunida então numa casa recebeu o Espírito Santo. Era pequena, mas estava presente nas línguas do mundo inteiro. Começou a missão de testemunhas e mensageiros do Evangelho. Às comunidades e as famílias reunidas que se preparam para celebrar a vinda do Espírito Santo, convido a exultarem de alegria festiva, conservando a caridade, amando a verdade e desejando a unidade. Ensina-nos o Papa Francisco que “a missão do Espírito Santo é a de “criar harmonia” e “obrar a paz” em todo contexto humano”. Cultivemos, pois, a unidade e a concórdia. Peçamos que o Espírito prepare o nosso coração e nos fortaleça interiormente, concedendo-nos a abundância da sua misericórdia.

Rezem por mim! Que o Divino Espírito Santo nos conceda proteção e fecundidade. Confiemos humildemente à intercessão da Santíssima Virgem Maria e de São Sebastião, padroeiro da nossa Arquidiocese, os nossos futuros passos rumo à unidade da Igreja e à construção do Reino.  Deus os abençoe e guarde!

Dom José Luiz Majella Delgado C.Ss.R.

Arcebispo nomeado de Pouso Alegre – MG

Jataí, 28 de maio de 2014

Conheça o novo pastor: Dom José Luiz Majella, CSsR

domjoseluizmajelladelgadonovobispoDom José Luiz, mineiro de Juiz de Fora, com dois anos de idade mudou-se com a família para a cidade de Volta Redonda, no estado do Rio de Janeiro. Fez o ensino fundamental em Volta Redonda e Aparecida, onde fez também o ensino médio no Seminário Redentorista Santo Afonso. Na faculdade Salesiana de Filosofia, em Lorena, fez licenciatura em Estudos Sociais e em Filosofia. Em 1977, fez sua profissão religiosa e iniciou, no mesmo ano, o curso de Teologia no Instituto Teológico São Paulo (ITESP), concluído em 1980.

No dia 14 de março de 1981, foi ordenado sacerdote, em Volta Redonda e, dez anos depois, fez especialização em Teologia Litúrgica na Pontifícia Faculdade de Teologia Nossa Senhora da Assunção, em São Paulo. No ano 2000, foi para Roma onde estudou Espiritualidade Redentorista na Academia Alfonsiana.

Como padre, dedicou grande parte de seu ministério ao magistério. Foi professor no Seminário Redentorista de Aparecida; no Centro de Evangelização Missionária, em São Paulo. Foi também superior e diretor dos Seminários Redentoristas em Sacramento, Minas Gerais e em Aparecida; foi secretário da Organização dos Seminários e Institutos do Brasil (OSIB) no Regional Leste 2 da CNBB; secretário da Associação dos Liturgistas do Brasil; prefeito do Santuário Nacional de Aparecida; vigário paroquial em Sacramento e na Basílica de Aparecida; secretário executivo local para a Quinta Conferência Geral do Episcopado Latino-americano e Caribenho, em Aparecida, no ano de 2007, tornando-se, em seguida, subsecretário adjunto geral da CNBB, em Brasília.

No dia 16 de dezembro de 2009, o Papa Bento XVI nomeou-o como Bispo da Diocese de Jataí, GO, sucedendo a Dom Aloísio Hilário de Pinho. Ordenado bispo em 27 de fevereiro de 2010 no Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida por Dom Geraldo Lyrio Rocha, foi empossado na Diocese no dia 6 de março de 2010. Dom Majella exerceu a Presidência do Regional Centro-Oeste da CNBB (2010 até a data de sua nomeação para Pouso Alegre. E hoje, dia 28 de maio de 2014, foi nomeado Arcebispo de Pouso Alegre, MG, pelo Papa Francisco.

 

Fonte: http://www.diocesedejatai.com.br/?page_id=47

Papa aceita renúncia de Arcebispo e nomeia sucessor

O Papa Francisco aceitou na manhã de hoje, quarta-feira, 28 de maio, a renúncia de Dom Ricardo Pedro Chaves Pinto Filho  O.Praem. em conformidade com Cânone 401 §1 do Código de Direito Canônico que se refere à  obrigação dos bispos apresentarem a sua renúncia ao Papa quando atinjam os 75 anos de idade.

“Cân. 401 § 1. Roga-se ao Bispo diocesano, que tiver completado setenta e cinco anos de idade, que apresente a renúncia do ofício ao Sumo Pontífice, o qual providenciará depois de examinadas todas as circunstâncias”.

E nomeou para Arcebispo de Pouso Alegre, MG, o atual Bispo de Jataí, GO, Dom José Luiz Majella Delgado, CSsR. BISPO

 

Dom Ricardo Pedro dom ricardo Dom Ricardo Pedro Chaves Pinto Filho, O. Præm nasceu na cidade mineira de Capelinha no dia 6 de agosto de 1938. Recebeu, o nome de Pedro Chaves Pinto Filho. Filho do casal Pedro Chaves Pinto e Paula Amélia Dias.

Estudos e vidareligiosa

Cursou os dois primeiros anos em escola rural, na fazenda de seu pai, concluindo o primário na cidade de Caetanópolis – MG. Em 1954 entrou para o Seminário Provincial do Sagrado Coração de Jesus, em Diamantina e, em 1957, passou para a Escola Apostólica São Norberto, na cidade de Montes Claros, onde terminou o seminário menor. Em 28 de janeiro de 1961 ingressou no noviciado dos Cônegos Premonstratenses, em Pirapora do Bom Jesus – SP, onde posteriormente, fez cursos de Filosofia e Teologia. Na ordem religiosa, recebeu o nome de Ricardo, em honra de São Ricardo, o rei saxão peregrino, falecido em Lucca, em 722. Recebeu a ordernação presbiteral em 29 de junho de 1967 e, em 1983, licenciou-se em Teologia Moral na Academia Alfonsiana, em Roma.

Atividades antes do episcopado

Cônego Ricardo foi vigário da Paróquia de Bocaiúva – MG por dois anos. Exerceu o cargo de reitor da Escola Apostólica de São Norberto e do Seminário Maior da Ordem, em Belo Horizonte. Atuou também como Mestre de Noviços. Em dezembro de 1983, foi nomeado superior da Ordem Premonstratense de Minas Gerais. A partir de 1986, transferindo-se novamente para Belo Horizonte, assumiu a função de vigário na Paróquia de São Gonçalo, em Contagem-MG.

Episcopado

Dom RicardoDom Ricardo foi designado bispo de Leopoldina, pelo Papa João Paulo II, em 14 de março de 1990. No dia 21 de abril do mesmo ano foi ordenado bispo, em Contagem. Dom Ricardo foi nomeado arcebispo da Arquidiocese de Pouso Alegre no dia 16 de outubro de 1996. Tomou posse no dia 3 de dezembro. É membro da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB. É grão-chanceler da Faculdade Católica de Pouso Alegre – FACAPA, inaugurada no dia 6 de fevereiro de 2006. Sucessão episcopal Dom Ricardo Pedro Chaves Pinto Filho (1996 – 2014) foi o 6º Bispo e o 3º Arcebispo de Pouso Alegre e teve como antecessores: Dom João Batista Correia Néri (1901 — 1908)- Primeiro Bispo Dom Antônio Augusto de Assis (1909 — 1916) Dom Octávio Augusto Chagas de Miranda (1916 — 1959) Dom José D’Angelo Neto (1960 — 1990) – Primeiro Arcebispo Dom João Bergese (1991 — 1996)

Fonte:

http://press.vatican.va/content/salastampa/it/bollettino/pubblico/2014/05/28.html http://pt.wikipedia.org/wiki/Ricardo_Pedro_Chaves_Pinto_Filho

Coordenadores paroquiais da Pastoral Familiar reúnem-se em Pouso Alegre

 

DSC00474

Mais de sessenta casais de paróquias da Arquidiocese estiveram reunidos neste  6º Domingo da Páscoa nas dependências da Faculdade Católica de Pouso Alegre para aprofundarem estudos de temas da Catequese Matrimonial Encontro de Noivos.

Organizado pela CAPF, sob a coordenação do Pe. Lucimar Pereira Goulart e do casal Luiz Carlos Camporezi e Maria Rita Tostes Camporezi, o encontro iniciou-se às 8h30 com a Eucaristia presidida pelo referido sacerdote. Seguiu-se a partilha de temas básicos para a preparação de noivos.

Pe. Lucimar fez inicialmente uma interessante exposição sobre o Sacramento do Matrimônio. Ainda de manhã, Pe. Arquimedes Carvalho de Andrade trabalhou com os presentes o tema Pais: a geração e educação dos filhos. Após o almoço foram debatidos outros dois temas: Sexualidade pelo Pe. Vanildo de Paiva,  e O conhecimento de si e do outro pelo casal Carlos e Jaqueline.

Também foi feita uma interessante exposição sobre o Setor Pré-matrimonial pelo casal coordenador da Pastoral Familiar no Leste II da CNBBBeto e Valéria. O Leste II compõe-se de trinta e duas dioceses do Espírito Santo e Minas, entre as quais a de Pouso Alegre.

O encontro encerrou-se as 18h após os avisos finais, a oração e a bênção do Pe. Lucimar.

Veja mais fotos em http://www.capfpousoalegre.blogspot.com.br/

“Quero ser pai, pastor e amigo” diz Dom Félix em celebração de posse em Governador Valadares

FelixA celebração de posse do quarto bispo da Diocese de Governador Valadares ocorrida neste domingo, 18 de maio ficou marcada pelas palavras fraternas e acolhedoras do novo Bispo.

“Não me considerem um administrador de ordem – não busquem em mim as maravilhas da técnica e da profundeza científica – quero ser pra vocês pai que educa e corrige, pastor que cuida e conduz e amigo capaz de celebrar e sofrer junto”, ressalta.

O novo Bispo de Valadares demonstrou estar aberto a todo o povo e atento às atualidades dentro da Igreja: “Quero estar bem estruturado na tradição da Igreja, bem aberto aos sinais dos tempos. Quero ser homem de uma palavra só, sim ou não”, completa.

Dentre os leigos, religiosos, membros de comunidades, autoridades políticas e civis, estavam presentes bispos arquidiocesanos, diocesanos e eméritos: Dom Geraldo Lyrio – Arcebispo Metropolitano de Mariana, Dom José Francisco Resende– Arcebispo Niterói, Dom José Alberto Taveira- Arcebispo de Montes Claros, Dom Aloísio Vitral – Bispo Diocesano de Teófilo Otoni, Dom Marco Aurélio – Bispo Diocesano de Itabira – Coronel Fabriciano, Dom Odilon Guimarães – Bispo Emérito de Itabira/Coronel Fabriciano e Dom Werner – Bispo Emérito de Governador Valadares.

Além de agradecer a todos os presentes, Dom Félix deixa claro seu amor pelos mais necessitados: “Quero amar a todos sem distinção – e se houver preferência que ela seja para os pobres, enfermos, humildes, simples, abandonados, a exemplo de Jesus. Com isso, não devo me isolar à cúria diocesana. Quero que o povo tenha livre acesso a mim, sem barreiras e pré–conceitos!”, conclui.

Saiba mais sobre Dom Antônio Carlos Felix

Frequentou o curso de Filosofia no Seminário maior em Pouso Alegre e Teologia no Instituto Teológico “Sagrado Coração de Jesus”, em Taubaté. A especialização em Teologia Dogmática foi realizada na Pontifícia Faculdade de Teologia “Nossa Senhora da Assunção”, em São Paulo.1

Foi vigário paroquial da paróquia São Francisco de Paula, em Ouro Fino e da paróquia Nossa Senhora da Piedade, em Crisólia. Também foi professor, promotor vocacional, diretor dos estudos e reitor do seminário arquidiocesano de Pouso Alegre (1988-1999). Foi pároco da paróquia “São Cristóvão”, em Pouso Alegre e professor, diretor espiritual e de teses teológicas no Instituto Teológico Interdiocesano “São José” (2000-2003).1

Em 5 de fevereiro de 2003, foi nomeado bispo de Luz, recebendo a consagração episcopal em 4 de maio por Dom Ricardo Pedro Chaves Pinto Filho, arcebispo de Pouso Alegre, tendo como co-sagrantes Dom Serafim Fernandes de Araújo, arcebispo de Belo Horizonte e Dom João Bosco Oliver de Faria, bispo de Pato de Minas.2

Em 6 de março de 2014, foi transferido para a Sé de Governador Valadares.

1º Encontro de Formação para Ministros Extraordinários da Comunhão Eucarística é realizado no Seminário Arquidiocesano

Neste domingo, dia 18, realizou-se no Seminário Arquidiocesano de Pouso Alegre o 1º Encontro de Formação para Ministros Extraordinários da Comunhão Eucarística.Contamos com grande participação onde se fizeram presentes as paróquias de nossa Arquidiocese. Foi coordenado pelo Pe. Luís Carlos Osti Osti, assessor arquidiocesano dos Ministros Extraordinários da Eucaristia e pela equipe de Ministros Referência dos Setores de Nossa Arquidiocese e tivemos também a alegria da participação do Pe. João Bosco de Freitas coordenador de Pastoral de nossa Arquidiocese.Contamos com a ilustre participação de Valmir Tavares Rosa, da Paróquia de São Francisco de Paula, de Poço Fundo, que falou sobre o tema: A Psicologia da Visita ao Doente. O encerramento do encontro foi com a Celebração da Santa Missa na Igreja de São José Operário, onde foi feita a coroação de Nossa Senhora pela Irmã Neide, filha de Poço Fundo. Que Deus cubra de bênçãos a todos que contribuíram de diversas maneiras para a realização deste encontro.

Fotos e nota: Margarete Mendes Neves

Conhecendo a pessoa de Maria

MARIA E ISABEL11No dia da festa de Visitação de Nossa Senhora, 31 de maio, a coordenação arquidiocesana dos Movimentos Marianos convida a todos os integrantes dos diversos marianos de nossa arquidiocese (Terço dos Homens, terço das famílias, Movimento Mãe Rainha, Legião de Maria e tantos outros) para um dia de formação com o tema: ” A pessoa de Maria”, contando com a assessoria do sr. Lúcio, da paróquia São José em Congonhal.

O encontro iniciar-se-á às 9h com encerramento às 15h com a recitação do terço e consagração a Nossa Senhora.

Confira mais informações no blog da secretaria de pastoral .

Marcado o dia de formação sobre Catequese Matrimonial

Depois de vários estudos nos níveis nacional e regional, a Coordenação Arquidiocesana da Pastoral Familiar promoverá um dia de formação sobre a Catequese Matrimonial, também chamada em algumas comunidades de Curso, encontro ou Catequese com noivos.

Serão repassados quatro temas relacionados no material proposto pela CNBB. Estes temas serão explanados pelos padres Arquimedes, Omar Siqueira, Lucimar Goulart e Mons. Vonilto, vigário geral.

A Coordenação da Pastoral Familiar convida os casais responsáveis pelos encontros de noivos nas paróquias da Arquidiocese.

Confira mais informações  aqui no blog da secretaria de pastoral e faça logo sua inscrição. Restam poucas vagas!