Arquidiocese acolhe imagem Peregrina de Aparecida

Foto: Thiago Leon
Foto: Thiago Leon

Durante a Celebração Eucarística na manhã deste sábado, 27, no Santuário Nacional, o Arcebispo Metropolitano, Dom José Luiz Majella Delgado – C.Ss.R., o clero e centenas de fiéis acolheram das mãos do reitor, padre João Batista, a imagem Peregrina de Nossa Senhora Aparecida que vai percorrer todas as paróquias da Arquidiocese nos próximos 10 meses.

A Peregrinação faz parte do Projeto “300 anos de bênção”, como preparação para o jubileu do encontro da imagem no rio Paraíba em 1717.

A partir do Evangelho do “Filho Pródigo”, o arcebispo relembrou as duas ações do pai.

“O pai sai de sua casa duas vezes. A primeira vez, quando ele vê, ao longe, o filho que tinha fugido e vai ao encontro dele. Pela segunda vez, o pai sai de sua casa para ir ao encontro do filho mais velho, que não queria entrar. O pai ali está para que aquele filho possa sentir seu amor, mas o filho o rejeita”, meditou.

Recordando ainda o pedido de Papa Francisco de “uma Igreja em saída”, o arcebispo ressaltou: “Olhemos para esse pai que não ficou dentro de casa esperando os filhos, ele foi ao encontro, e a Igreja deve estar também em saída, sair ao encontro de seus filhos”.

Nesse sentido, Dom Majella afirmou também sobre a peregrinação da Arquidiocese à Aparecida: “Hoje a Igreja de Pouso Alegre está aqui, neste Santuário, para buscar, na Mãe da Misericórdia, o auxílio para sermos uma Igreja em saída. Maria vai percorrer a nossa Arquidiocese levando a Palavra de Jesus Cristo. E, sob o olhar de Maria, nós vamos levar a Palavra. À mesa da Palavra e do Pão, somos alimentados e enviados em missão”.

Com informações do Portal a12.com

Download dos materiais gráficos para a peregrinação da Imagem

A comissão responsável pela Peregrinação da Imagem de Nossa Senhora Aparecida pela Arquidiocese de Pouso Alegre disponibilizou essa semana os materiais gráficos que podem ser utilizados pelas Paróquias e Comunidades. Os materiais estão em arquivo .zip. Os materiais foram produzidos pela agência “Pública – Comunicação e Marketing”.

A imagem chega à Arquidiocese de Pouso Alegre no dia 27 de fevereiro. Às 9h, o clero e fiéis são convidados a participarem da Eucaristia no Santuário Nacional de Aparecida. Já no período da tarde, às 17h, a imagem Peregrina será recepcionada em Pouso Alegre, no trevo do supermercado Baronesa, seguindo em carreata até a Catedral Metropolitana, onde a Missa será celebrada às 19h. A imagem Peregrina fica na Arquidiocese até junho do próximo ano.

Cartaz

Cartaz A3 com patrocinadores (arquivo .zip)

Cartaz A3 sem patrocinadores (arquivo .zip)

 

Flyer

Flyer 10×14 (arquivo .zip)

 

Lembrança – Marca página

Lembrança 5x18cm – marca página (arquivo .zip)

 

Outdoor

Outddor 9x3m_JPG (arquivo .zip)

 

Panfletos

Panfleto 15×21 (arquivo .zip)

 

Capa para facebook

Capa Facebook

 

 

 

 

 

Quadro

Quadro

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Reveja a homilia de Dom Majella em Aparecida

A Arquidiocese de Pouso Alegre, representada pelo seu Arcebispo Metropolitano, Dom José Luiz Majella Delgado – C.Ss.R., pelo clero, e centenas de fiéis, estiveram em Aparecida no último sábado, 27, para acolher a imagem Peregrina de Nossa Senhora Aparecida, a qual vai percorrer todas as Paróquias nos próximos 10 meses.

A visita da imagem faz parte do projeto “300 anos de bênçãos” em preparação ao jubileu aos 300 anos do encontro da imagem no Rio Paraíba por três pescadores.

Reveja a homilia de Dom Majella durante a missa das 09h no Santuário Nacional.

 

Crédito da foto da home: Thiago Leon

 

 

 

Confira a visita da Imagem Peregrina pela Arquidiocese

QuadroA Arquidiocese de Pouso Alegre inicia no próximo dia 27 de fevereiro a visita da imagem Peregrina de Nossa Senhora Aparecida. Às 9h, no Santuário Nacional de Aparecida, Dom José Luiz Majella Delgado – C.Ss.R. recebe a imagem juntamente com os leigos representantes das paróquias e o clero arquidiocesano.

No mesmo dia, às 17h, a imagem chega à Pouso Alegre, seguindo carreata até a Catedral Metropolitana. A imagem ficará uma semana em cada Paróquia, passando também em eventos arquidiocesanos, como Assembléia e CrismaFest.

 

 

 

ads_cabide_8bit

Faça o download: Peregrinação Imagem 

 

 

Projeto

O projeto“300 anos de bênçãos: com a Mãe Aparecida, juventude em missão”, também chamado de R0ta 300, é organizado pelo Santuário Nacional de Aparecida em diálogo com a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil.

O projeto se desenvolve a partir da peregrinação da Imagem de Nossa Senhora Aparecida nas dioceses brasileiras entre 2015 e 2017.

“A Imagem peregrina ficará na nossa Arquidiocese uns 10 meses, pois ela deverá passar em todas as nossas paróquias, pelo menos uma semana em cada paróquia. Ai sim, onde a imagem estiver, nessa paróquia, a juventude vai fazer acontecer o projeto Rota 300. É um projeto muito diversificado. Ele contempla a dimensão do meio ambiente, a dimensão da evangelização junto das famílias, contempla a evangelização da juventude em seus vários seguimentos. Portanto, é um projeto que abrange o ser Igreja na sua totalidade. Essa é a causa de nossa alegria. Eu conto com você. Quando a imagem estiver passando pela sua paróquia, você, jovem, é convidado a abraçar o projeto Rota 300”, anunciou o Arcebispo Metropolitano, Dom José Luiz Majella Delgado – C.Ss.R. no ano passado, durante lançamento do Projeto.

 

CAL disponibiliza sugestões para “24h para o Senhor”

Como momento de grande importância para se celebrar o Jubileu da Misericórdia, serealizará mais uma vez o projeto“24 horas para o Senhor”na sexta-feira e sábado anteriores ao IV domingo da quaresma,entre os dias 04 e 05 de março de 2016. Trata-se de uma jornada penitencial, na qual as igrejas devem manter as suas portas abertas, motivar e facilitar o acesso dos fiéis à confissão, suprindo o períododo evento com orações, reflexões, missas, adoração eucarística, entre outras manifestações de fé.
“Com o apelo à escuta da Palavra de Deus e à iniciativa ’24 horas para o Senhor’, quis sublinhar a primazia da escuta
orante da Palavra, especialmente a palavra profética” (Mensagemdo papa Francisco para a Quaresma 2016).
Na Bula Misericordiae Vultus, o papa Francisco afirma que espera que a inicAno da MisericordiaLogoiativa ‘24 horas para o Senhor’ ajude todas as pessoas, especialmente os jovens que estão se confessando nesta experiência, a reencontrar “o caminho para voltar ao Senhor, viver um momento de intensa oração e redescobrir o sentido da vida”. E completa: “Será, para cada penitente, fonte de verdadeira paz interior” (17).
“Para auxiliar na vivência das ’24horas para o Senhor’, a Comissão Arquidiocesana para a Liturgia apresenta suas sugestões, bem como um roteiro para a Hora Santa Eucarística! Não se trata de um guia obrigatório de celebrações, mas sugestões de como pode-se organizar o evento. Obviamente, cada paróquia o fará de acordo com as suas condições e necessidades. Importante que a jornada seja de 24 horas ininterruptas de oração”, escreveu o coordenar da Comissão Arquidiocesana de Liturgia, padre Vanildo de Paiva.

CNBB abre inscrições para Encontro Nacional da Pascom

encontropascom2016Centenas de comunicadores de todo o Brasil são esperados para o 5º Encontro Nacional da Pastoral da Comunicação (Pascom), de 14 a 17 de julho, no Centro de Eventos Padre Vítor Coelho de Almeida, em Aparecida (SP).  Entre eles, então bispos, sacerdotes, leigos e membros da Pastoral Litúrgica das dioceses, paróquias e comunidades. Os interessados devem fazer inscrição até 31 de maio pelo hotsite: encontronacionalpascom.cnbb.org.br 

Com o tema “Comunicação e Liturgia”, o evento tem como objetivo aprofundar a compreensão e o serviço da comunicação no campo da Liturgia da Igreja. Durante o encontro, estão previstas quatro conferências e seis seminários temáticos, com presença de estudiosos e especialistas da Comunicação e Liturgia. Haverá, ainda, noite cultural, no sábado, 16 de julho, com workshop “Mão na massa na comunicação católica!”.

De acordo com bispo auxiliar de Aparecida (SP) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Darci Nicioli, o Encontro é um espaço formativo e de evangelização.

“É a Pastoral da Comunicação que se reúne na casa da Mãe Aparecida. Neste ano vamos tratar do tema Comunicação e Liturgia, pois é uma necessidade. Aquilo que cremos é o que nós rezamos. É muito importante que os nossos agentes da Pascom recebam capacitação para atuar nas bases, sendo esta a proposta principal do nosso encontro”, explica do bispo.

Entre os palestrantes está o bispo de Paranaguá (PR) e membro da Comissão para a Liturgia da CNBB, dom Edmar Peron, que possui mestrado em Teologia Dogmática e Liturgia, e o artista plástico, Claudio Pastro, com longa carreira dedicada a trabalhos de arte sacra.

Saiba mais
Com a proposta de dinamizar a preparação do encontro, a Comissão Nacional lançou o hotsite do evento. Na página, é possível acessar a programação completa, além de sugestões para hospedagem. Os internautas têm também a oportunidade de conhecer os conferencistas internacionais e nacionais que estarão no evento. O hotsite apresenta um layout moderno e com fácil navegação pelos conteúdos e galerias.

De acordo com o assessor nacional da Comissão para a Comunicação da CNBB, padre Rafael Vieira, a expectativa é receber mais de 800 participantes de diversas regiões do país. Além disse, o sacerdote ressalta que o Encontro Nacional busca articular e animar a Pastoral da Comunicação na Igreja. “Acreditamos que o encontro será rico de conteúdo e um bonito espaço de comunhão entre os animadores da comunicação e da liturgia na Igreja do Brasil”, pontua padre Rafael.

Anote aí
5º Encontro Nacional da Pascom
Data: 14 a 17 de julho, em Aparecida (SP)
Inscrições: encontronacionalpascom.cnbb.org.br 

Audiência: Papa pede que políticos corruptos se convertam

ANSA960618_LancioGrandeCerca de 20 mil fiéis participaram esta quarta-feira, 24, da Audiência Geral com o Papa Francisco. Ao fazer seu ingresso na Praça São Pedro a bordo do papamóvel, o Pontífice cumprimentou com afeto os peregrinos, entre eles inúmeros brasileiros.

Em sua catequese, Francisco deu sequência ao ciclo sobre o Jubileu, falando desta vez da misericórdia na Sagrada Escritura.

Em vários trechos, explicou, se fala de poderosos e reis, homens que estão “no alto”. A riqueza e o poder são realidades que podem ser boas e úteis ao bem comum se colocadas a serviço dos pobres e de todos. Mas com frequência, quando vividos como privilégio, com egoísmo e prepotência, se transformam em instrumentos de corrupção e morte. E o Papa citou como exemplo o episódio descrito no Livro dos Reis, da vinha de Nabot.

No capítulo 21, o Rei de Israel, Acab, quer comprar a vinha de um homem, Nabot, que fica ao lado do palácio real. Diante da rejeição de Nabot de vender sua propriedade, a mulher do Rei, Jezabel, elabora um plano para eliminar Nabot, transformando o poder real em arrogância e domínio.

“E essa não é uma história de outros tempos. É uma história atual, dos poderosos que, para ter mais dinheiro, exploram os pobres, exploram as pessoas. É a história do tráfico de pessoas, do trabalho escravo, das pessoas que trabalham na informalidade, com o mínimo, para enriquecer os poderosos. É a história dos políticos corruptos, que querem sempre mais e mais.”

“Eis até onde leva o exercício de uma autoridade sem respeito pela vida, sem justiça e misericórdia. Eis até onde leva a sede de poder: transforma-se numa cobiça que nunca se sacia”, acrescentou o Papa.

Contudo, Deus é maior do que a maldade e o jogo sujo feito pelos seres humanos. Na  sua misericórdia, Deus envia o profeta Elias para ajudar Acab a se converter. O Rei entende o seu erro e pede perdão.

“Que bonito seria se os poderosos e os exploradores de hoje fizessem o mesmo.”

O Senhor, por sua vez, aceita o arrependimento do Rei, mas um inocente foi morto e a culpa cometida terá consequências inevitáveis. De fato, o mal realizado deixa seus rastros dolorosos, e a história dos homens carrega as feridas.

Neste caso, prosseguiu Francisco, a misericórdia mostra o caminho a ser percorrido:

“Ela pode sanar as feridas e mudar a história. Mas abra o seu coração à misericórdia. A misericórdia divina é mais forte do que o pecado dos homens, este é o exemplo de Acab. Nós conhecemos o poder de Deus quando nos recordamos da vinda do seu Filho, que se fez homem para destruir o mal com o seu perdão”.

Jesus Cristo é o verdadeiro rei, concluiu o Pontífice, mas o seu poder é completamente diferente. “O seu trono é a cruz. Ele não mata. Pelo contrário, dá a vida”.

 

Com informações e foto: Agência News.Va

Veja como será a Romaria Nacional da Juventude

cartaz_romaria_da_juventude_2016Organizada pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB, através do setor juventude, e pelo Santuário Nacional, a Romaria da Juventude vai reunir jovens de todo o Brasil em Aparecida, entre os dias 9 e 10 de abril.

O evento faz parte do ROTA 300, cuja programação é uma preparação para o Jubileu dos 300 anos do Encontro da Imagem de Nossa Senhora Aparecida, e também foi incorporado no projeto JUMI – Juventude em Missão, do Santuário Nacional.

Na programação da Romaria estão previstos dois dias de formação, espiritualidade, shows, atrações culturais, vigília e missa com a presença dos 400 bispos de todo o Brasil que estarão participando da Assembleia Nacional dos Bispos.

A Romaria contará com uma estrutura de 5 tendas, pelas quais os jovens poderão passar para participar das atividades propostas. Cada uma das tendas tem um foco de acordo com a atuação dos jovens na Igreja: Rota 300, Movimentos, Pjs (Pastorais da Juventude), Congregações e Novas Comunidades. Contará ainda com show, meditação do terço e vigília.

Para participar da Romaria da Juventude é necessária inscrição prévia, já que muitos jovens devem permanecer acampados no Santuário Nacional ou hospedados em pousadas e hotéis da cidade. As inscrições são gratuitas e poderão ser feitas até o dia 30 de março. É possível participar em grupo ou individualmente. As inscrições podem ser feitas através do site jovensconectados.org.br

Camping
O jovem que optar ficar na área da camping do Santuário Nacional deverá observar as orientações do setor Juventude da CNBB. A opção de alojamento custará R$ 20, e as vagas são restritas para os 300 primeiros que fizerem a reserva dessa modalidade.

Nesse espaço há uma estrutura que envolve seguranças 24 horas no local, sanitários equipados com chuveiros de água quente. O pagamento deverá ser feito no local.

Para a inscrição de menores de 18 anos desacompanhados de parentes de primeiro grau (pai, mãe ou irmão), por questões jurídicas, é necessário que os pais ou responsáveis assinem um termo de autorização para hospedagem, com firma reconhecida do responsável. Um modelo deste termo está disponível aqui.

As informações sobre o evento estão disponíveis no site www.jovensconectados.com.br

Sobre o JUMI
JUVENTUDE EM MISSÃO é o projeto evangelizador do Santuário Nacional para a Juventude.

Com uma programação de fevereiro de 2016 a julho de 2017, o JUMI vem unir todas as expressões juvenis da Igreja e resgatar outros jovens. Trata-se de um projeto pautado na pluralidade, nos vários rostos, no valor da vida e no engajamento da juventude para o bem.

 

Fonte: Portal a12.com

Comissão de Bens Culturais se reúne em Pouso Alegre

No dia 20 de fevereiro, no salão pastoral da Paróquia de N. Sra. de Fátima, em Pouso Alegre, reuniram-se padres e leigos Arquidiocese de Pouso Alegre para a redação do texto que será a base para a criação da nova Comissão Arquidiocesana de Bens Culturais.

Este grupo é composto por padres e leigos que além de seus trabalhos pastorais exercidos em diversas paróquias, prestará serviço voluntário a esta equipe em suas diversas áreas (arquitetura, engenharia, artes, história advocacia e Liturgia do Espaço Sagrado).

O trabalho foi presidido pelo Arcebispo Metropolitano, Dom José Luiz Majella Delgaado – C.Ss.R.  Uma das funções deste grupo é fiscalizar os bens móveis e imóveis da Arquidiocese bem como a edificação de novas construções e a salvaguarda dos já existentes.

A justificativa de tais trabalhos e instalação deste Conselho de Bens Patrimoniais se baseia no que a Igreja já o pediu no Concílio Vaticano II (doc. Sacrosanctum Concilium, 46)

 

Imagem de capa: Celso Ferreira

Nova Paróquia é erigida em Itajubá

20160223104958O Arcebispo Metropolitano de Pouso Alegre, Dom José Luiz Majella Delgado – C.Ss.R., celebrou no último sábado, 20, a criação da Paróquia de Santo Antônio, em Itajubá. A nova Paróquia foi desmembrada das Paróquias de São José Operário e Sagrada Família, e terá os padres da Congregação dos Missionários do Sagrado Coração (MSC) como responsáveis pela administração e pastoral.

Foi nomeado pároco, por indicação do Provincial da Congregação, o padre Geraldo Alves Cassiano, que terá como Vigário Paroquial o padre Benedito Ângelo Cortez.

Essa é 5ª Paróquia em Itajubá, a 10ª no setor Mantiqueira e a 64ª da Arquidiocese de Pouso Alegre.